Linksan Agência Web
              
featured-image

SEO para e-commerce: 4 melhores práticas para adotar

dotar práticas de otimização é essencial para que qualquer página sobreviva na web. Por isso, montar uma estratégia de SEO para e-commerce está entre as principais prioridades, uma vez que a busca orgânica atrai muitos clientes para uma loja virtual. Nesse contexto, otimizar o site para os mecanismos de busca melhora o posicionamento e ainda garante maior lucratividade.

Quando as técnicas de SEO são executadas corretamente, elas trazem mais visibilidade, aumentam o alcance orgânico e, um dos mais importantes, melhoram as vendas. Tornar o negócio visível e estar na primeira página de resultados têm inúmeras vantagens. Assim, a otimização para os motores de busca é indispensável para que o e-commerce cresça e sobreviva na internet.

Para iniciar o processo de otimização de suas páginas, confira 4 práticas que você deve adotar!

1. Descrição de produtos

Ao analisar um produto, o cliente não olha apenas as imagens. Ele sempre confere a descrição e, se a explicação estiver confusa, talvez desista de comprar o item. Assim como um cliente que não entende a descrição do produto, os buscadores não serão capazes de compreender tais funcionalidades para ranquear.

Os mecanismos de busca estão cada vez mais aprimorados e procuram resultados que possam entregar exatamente o que o usuário precisa. Nesse contexto, produzir uma descrição que seja personalizada e objetiva é a melhor alternativa.

2. Títulos das páginas

O título é um ponto primordial do SEO on page, pois é um dos itens que têm forte influência no ranqueamento da página. Dessa forma, a escolha da palavra-chave é determinante para garantir um bom posicionamento, além de fazer outras otimizações.

O ideal é que o título tenha até 63 caracteres (o máximo que o Google exibe), a palavra-chave e evite repetições. Quando o título não é editado, o Google automaticamente insere o nome de uma das heading tags (H1, H2, H3), o que pode afetar o desempenho no posicionamento da sua página.

3. Palavras-chave

Um usuário que está com uma dúvida ou procura algo nos buscadores inicia a sua busca inserindo termos de pesquisa. Desse modo, uma estratégia de SEO deve iniciar definindo a escolha das palavras-chave, e é importante saber quais delas o seu cliente ideal insere nos mecanismos.

Além de utilizar palavras-chave relevantes para seu e-commerce, é fundamental fazer pesquisas de termos em um planejador. Assim, é possível acompanhar quais são as mais relevantes e concorridas, quais delas os seus concorrentes estão adotando e outras informações interessantes. Com esses dados, você traça uma estratégia para ranquear as principais keywords do seu negócio.

4. Meta description

Além do título com a palavra-chave, o meta description pode ser decisivo se o usuário clicará na sua página ou não. Isso porque ele corresponde ao pequeno texto descritivo que aparece no resultado de buscas e é determinante se o possível cliente entrará na loja ou não. O meta description é como um pequeno anúncio e precisa ser chamativo, claro e feito de forma que motive o usuário a clicar.

Adotar as práticas de SEO para e-commerce fará uma grande diferença entre aparecer na primeira página e receber cliques ou, ao contrário, ficar perdido no limbo da internet. Com uma boa estratégia e as técnicas certas, a otimização garante bons resultados nas vendas. Portanto, comece a adotá-las e veja seu negócio crescer!

Para conhecer mais sobre a importância da otimização, entenda as vantagens de uma consultoria SEO!

Inscreva-se em nossa Newsletter
Loading
Arquivos
Copyright ©2018. Linksan - Todos os Direitos Reservados