Diversos empreendedores se perguntam qual a melhor maneira de aumentar o faturamento de seu negócio. O que muitos não esperam é que a resposta possa estar em criar uma boa base de e-mails.

Essa forma de comunicação facilita a criação de um relacionamento e a introdução de seu lead a um fluxo de nutrição, ou seja, ele passa a ter contato com conteúdos de valor. Além disso, é uma estratégia barata e não consome muito tempo dos potenciais clientes.

Quer saber como construir uma excelente lista de e-mails para o seu negócio? Continue com a gente!

Veja o processo por inteiro

A primeira coisa que deve ser feita é a leitura de todo o processo de vendas. É importante entender em que parte do funil o seu lead se encontra, para, assim, ir avançando ele em cada etapa.

Os melhores e-mails entregam valor: dicas, curiosidades, indicações para algum conteúdo produzido etc. Mesmo em cold mailing, a ideia é fazer uma proposta de valor que te diferencie no mercado.

A melhor maneira de construir uma boa base é sempre orgânica. Então, já sabe: nada de comprar listas.

Não trate seus leads como robôs

Ninguém gosta de se sentir apenas parte de um disparo automático. É muito comum mensagens relevantes acabarem no SPAM por serem muito genéricas.

Por isso, é importante garantir um bom nível de personalização. Isso aumenta a qualidade do relacionamento entre a empresa e o cliente, além de melhorar o engajamento.

Não se esqueça de evitar estratégias saturadas e títulos conhecidos, para que seus e-mails não sejam confundidos com SPAMs.

Segmente sua base de e-mails

Sabe quando um vendedor faz uma proposta completamente fora da sua realidade, como se estivesse falando com outra pessoa? É exatamente isso que queremos evitar aqui. Investir em um lead não qualificado gasta grande energia e tempo.

Nesse contexto, a persona deve estar bem definida. O ideal é que você tenha detalhes sobre hábitos, comportamentos, gostos variados dos seus potenciais clientes etc. Quanto mais detalhada for sua persona, mais precisa sua estratégia vai ser.

Segmentar sua base é importante. As possibilidades para direcionar seus disparos são inúmeras. Cargo, idade, atuação no mercado e por aí vai.

Muitas dessas informações serão coletadas por pesquisas de mercado, atuação da equipe de inteligência comercial e landing pages.

Automatize seus esforços

Disparar vários e-mails consecutivos em grande escala pode ser um problema se a sua equipe for pequena. Nesses casos, o ideal é procurar uma ferramenta de automação.

Procure uma plataforma que permita que sua equipe tenha a liberdade para personalização. É importante encontrar o equilíbrio entre a personalização e o volume de disparos.

Ter uma base de e-mails bem gerida pode ser determinante para o sucesso de suas campanhas de marketing e prospecção de clientes.

Se você ainda está dando os primeiros passos no empreendedorismo, entrar em contato com uma empresa especializada pode ser uma boa opção, além de permitir que você foque no core business de sua empresa.

E aí, o que achou do nosso texto? Quer receber mais conteúdos deste tipo para impulsionar seu negócio? Assine nossa newsletter!

Deixe um comentário