Quem vende produtos on-line conhece bem a importância dos links patrocinados para conquistar novos clientes. No entanto, também é fundamental colocar as suas páginas de venda bem posicionadas nos resultados orgânicos dos mecanismos de busca. Para isso, você deve evitar os tradicionais erros de SEO em e-commerce.

Quando você investe em SEO, os consumidores chegam até seus produtos sem que você precise pagar um extra para ter essa visibilidade. É claro que isso não acontece do dia para a noite, mas é crucial para a longevidade do seu negócio. Assim, o custo de aquisição de clientes diminui significativamente e o tráfego do seu site aumenta.

Quer conhecer os 5 erros de SEO mais comuns em e-commerce? Continue lendo e confira nossa lista!

1. Produtos com pouca ou nenhuma descrição

Além de ser uma excelente maneira de aumentar a taxa de conversão, a descrição do produto é uma das maiores aliadas para o ranqueamento do seu e-commerce nos motores de busca. O motivo disso é que o Google (e outros mecanismos) fazem uma varredura nos textos para entregar o conteúdo mais adequado aos usuários.

Contudo, nunca utilize as descrições que vêm “de fábrica”. O Google pode penalizar a sua página por causa do conteúdo duplicado.

2. Falta de palavras-chave estratégicas

Outro erro muito comum no e-commerce é a falta de um planejamento na hora de inserir as palavras-chave nas páginas dos produtos. É essencial que você pesquise a melhor palavra-chave e suas variações para distribuir ao longo do conteúdo. A ferramenta KeyWord Planner faz bem essa função.

Uma dica é trabalhar com termos de cauda longa. Por exemplo: em vez de anunciar um “kit de cuecas”, você pode ser mais específico e usar o termo “kit de cuecas box de tecido micromodal”. Assim, sua concorrência será menor e o público mais qualificado.  

3. Imagens não otimizadas

Como dissemos há pouco, o Google e outros motores de busca leem textos. Ou seja, se você deseja que as fotos dos seus produtos fiquem bem ranqueadas, é necessário nomeá-las com a palavra-chave principal.

Além do título da imagem, considere fortemente utilizar a função Alt Text (texto alternativo) para fornecer uma descrição mais detalhada sobre o que se trata a foto. Desse modo, suas chances de ser encontrado aumentam.

4. Produtos sem avaliações dos usuários

Você já parou para pensar que os comentários das avaliações também podem ser úteis para que você seja encontrado por outros usuários?

Vamos supor que alguém pesquise por “tênis bom para caminhar na terra” e encontre um comentário em sua página de vendas com esse termo. Isso quer dizer que você foi beneficiado por uma palavra-chave que você sequer tinha cogitado inserir. Sem contar que as avaliações ajudam no processo de decisão do consumidor.  

5. Site não reponsivo

Não é surpresa para ninguém que os dispositivos móveis são um dos principais meios de acesso à internet. Mesmo assim, muitos e-commerces ficaram parados no tempo e não atualizaram seus sites para se adaptarem aos para tablets e smartphones.

Saiba que não ter um site responsivo, além de espantar os visitantes que utilizam esses aparelhos, é um fator que pesa na avaliação do Google para o ranqueamento. Os mecanismos de busca procuram passar a melhor experiência aos usuários. Então, se a sua loja virtual não proporciona isso, ela nunca ficará bem posicionada.

Existem diversos erros de SEO em e-commerce que não foram citados neste artigo, mas com essas dicas você já estará na frente de muitos concorrentes. Boas palavras-chave, conteúdos relevantes e um site responsivo é a base para qualquer um que deseja ganhar visibilidade.

E você? Já conhecia todos esses erros comuns de SEO para e-commerce listados aqui? Conte para a gente nos comentários!

Deixe um comentário